• image
  • image
  • image
  • image
  • image
  • image
  • image
  • image
  • image
  • image
  • image

O Instituto Cabo-verdiano para a Igualdade e Equidade do Género (ICIEG), em parceria com a ONU Mulheres, promove, de 25 de Novembro a 10 de Dezembro, uma série de actividades enquadradas nos 16 Dias de Activismo contra a Violência de Género. A campanha será lançada esta terça-feira, 25 de Novembro, no final do acto de comemoração do Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres.

 

Os 16 Dias de Activismo contra a Violência de Género fazem parte de uma campanha internacional, a que Cabo Verde aderiu, com iniciativas com vários grupos sociais e profissionais. O programa prevê actividades com taxistas, vendedeiras e Polícia Nacional, mas também com várias escolas secundárias.

 

As iniciativas contam com vários parceiros nacionais e internacionais, que irão desenvolver actividades que se pretende que sejam momentos de activismo e comemoração, mas também de desenvolvimento de sinergias, partilha e mobilização.

 

Recorde-se que os 16 Dias de Activismo contra a Violência de Género resultam de uma iniciativa do Centro para Liderança Global das Mulheres. A campanha foi lançada em 1991, num evento onde os participantes definiram que de 25 de Novembro (Dia Internacional Contra a Violência contra as Mulheres)  e 10 de Dezembro (Dia Internacional dos Direitos Humanos) seriam desenvolvidas actividades, com o objectivo de enfatizar que a violência contra as mulheres constitui uma violação de Direitos Humanos.

 

Nesses 16 dias, tem sido utilizada uma estratégia de organização de indivíduos e grupos em todo o mundo como um chamado para a eliminação de todas as formas de violência contra as mulheres. Actualmente, mais 5179 organizações em cerca de 187 países participam da campanha.