Organizado pela ONU Mulheres e a Comissão da União Africana, com o apoio da Missão Permanente da Alemanha, aconteceu na sede das Nações Unidas em Nova York, de 31 de Maio a 2 de Junho, o Fórum Mulheres Líderes para a Transformação de África. O encontro terminou com o lançamento da Rede de Mulheres Líderes Africanas e com um forte roteiro de ação.

Uma iniciativa inovadora que busca melhorar a liderança das mulheres e seu papel na transformação de África, busca seu foco na governança, paz e estabilidade. O encontro de 3 dias contou com a participação de mais de 80 mulheres de toda a Africa, eminentes mulheres líderes dos setores político e público, bem como de empresas, da sociedade civil e da media.

A Rede pretende aproveitar a riqueza das experiências de liderança das mulheres africanas, capitalizar as lições e capacidades de outras redes de mulheres líderes existentes e emergentes, bem como desenvolver novas parcerias para fortalecer a capacidade das mulheres. Pretende apoiar o avanço de mais mulheres líderes no continente, através de aprendizagem e orientação de pares, para aumentar suas contribuições para a construção e a manutenção da paz, segurança e processos políticos para uma transformação económica e social sustentável, com vista à a realização da Agenda África 2063 e 2030 Agenda para o Desenvolvimento Sustentável.

O próximo encontro ficou agendada para Fevereiro de 2018 e Adis-Abeba, na Etiópia. Até lá, o grupo de trabalho criado trabalhará nos detalhes da Rede e ajustará o roteiro, incluindo o propósito, a estrutura e as actividades, bem como estratégias de sustentabilidade, financiamento e parcerias inter-geracionais.

Cabo Verde participou neste evento e faz parte da rede na pessoa da Dra. Rosana Almeida, Presidente do ICIEG.

Veja mais em: http://www.unwomen.org/en/news/stories/2017/6/press-release-new-platform-launched-to-galvanize-and-boost-womens-leadership-of-africa # Sthash.KR6qbHIF.dpuf