Noticias

ICIEG defende respeito ao direito à informação e à saúde sexual das mulheres e meninas

A presidente do Instituto Cabo-verdiano para a Igualdade e Igualdade de Gênero (ICIEG), Rosana Almeida, garantiu hoje que o instituto “sempre defendeu” maior respeito pelo direito à informação e à saúde sexual das mulheres e meninas no país.

Rosana Almeida considerou essas considerações em conformidade com o Inforpress no âmbito do Dia Mundial da População, que assinala hoje, 11 de Julho, este ano como foco de tema “Como salvar a saúde, incluir uma saúde sexual e reprodutiva e direitos das mulheres e raparigas em tempos de pandemia da covid-19 ”.

“Posso garantir que está sendo uma das nossas preocupações, até porque, no nível do continente e mesmo das Nações Unidas, houve muita preocupação com a saúde sexual e reprodutiva das meninas e mulheres, pelo que este serviço não pode ser colocado em causa devido à pandemia da covid-19 ”, ressalvou.

Neste domínio, um presidente do ICIEG lembra que os planos de ação de combate à covid-19 da Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), União Africana e Nações Unidas, são unânimes nesta matéria, e garantem condições para que não haja retrocessos .

Em Cabo Verde, segundo aquela responsável, a Verdefam, um dos parceiros da instituição de matéria-prima, tem trabalhado sem sentido de garantia, durante uma pandemia, cuidados com mulheres e meninas.

“O foco nas mulheres grávidas e as mulheres vulneráveis ​​podem acompanhar os cuidados dispensados”, adicionados.

Por isso, também ressaltou, o trabalho que vem sendo executado pelas estruturas de saúde para garantir que a saúde sexual e reprodutiva não se retroceda nos tempos da pandemia.

Rosana Almeida referiu ainda, que não respeita os direitos autorais, ou o ICIEG, durante o estado de emergência, dispensa uma atenção “especial” na comunidade LGBTI, assinando uma declaração da plataforma da (ERC) em direitos de defesa de pessoas gays, lésbicas, bissexuais , transexuais e transgênicos.

Créditos:  https://inforpress.cv/icieg-defende-respeito-ao-direito-a-…/