Noticias

Técnicos que prestam atendimento e assistência às vítimas VBG reúnem-se amanhã para analisar e reforçar as estratégias de prevenção e combate à VBG

A municipalização dos serviços de atendimento e assistência às vítimas VBG tem sido uma das bandeiras do ICIEG na resposta à Violência Baseada no Género.

O ICIEG dispõe de 22 centros de atendimento às vítimas VBG em todos os concelhos do país, numa estreita parceria com as camaras municipais.

O momento convida o instituto a melhorar ainda mais a articulação com todos os parceiros envolvidos na resposta à violência sobretudo em tempo de covid 19.

Recorde se que o ICIEG montou um plano estratégico de combate à VBG em tempo de pandemia, ciente de que o lar, supostamente devia ser o lugar mais seguro para muitas mulheres, acaba por se tornar o lugar mais perigoso.


A campanha intitulada "BU ka sta bó só" destacam-se:

  • A linha de email de email: ViolêEste endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  • SMS 110 (gratuito)
  • Pidi Maskara 19
  • E ativação de casa de acolhimento de acordo com normas do Instituto Nacional de Saúde Pública.

Durante o Estado de Emergência o país registou um aumento de 8% de casos VBG .

#CAV
#CombateàVBG
#CaboVerdeLivreViolência